Março - Mês de prevenção ao Câncer Colorretal.


O câncer colorretal é uma doença de grande incidência e de grande mortalidade e que pode ser evitado com a prevenção; em 2012 foram diagnosticados 1,4 milhões de casos e registradas 693.000 mortes no mundo. (segundo a OMS)

É o terceiro câncer mais comum em homens e o segundo em mulheres. No Brasil e nos Estados Unidos é a segunda causa mais frequente de morte por câncer.

Em 2016, no Brasil tivemos 34.280 novos casos. (INCA)

Sabe-se que o câncer colorretal está relacionado com uma dieta rica em gorduras e carne, obesidade, ingesta de bebida alcoólica, fumo e hereditariedade .

O câncer colorretal é silencioso só dando sintomas às vezes em uma fase já mais avançada como diarreia, sangramento e dores abdominais.

O diagnóstico precoce tem influência direta na taxa de sobrevida.

A formação de uma lesão cancerígena no cólon já é bem conhecida e pode se dar de 2 formas:

  1. Um pólipo que vira câncer

  2. Uma lesão que já nasce câncer (lesões planas)

Portanto a melhor forma de prevenir é fazer o diagnóstico precoce destes tipos de lesões e retirá-las .

A forma de detectar estas lesões é atrás de uma colonoscopia bem feita e se for encontrada deve se estudada e se puder retirada, esta é a melhor forma de prevenir o câncer colorretal .

Hoje em dia a colonoscopia faz parte dos exames de rotina dependendo da idade e através deste exame é possível detectar e tratar estas lesões impedindo que o paciente necessite de cirurgia.

Nós da unidade de Endoscopia Digestiva e Hospital Albert Sabin contamos com aparelhos de alta definição e com recursos modernos de diagnóstico e temos muita experiência e treinamento para detecção e tratamento destas lesões.

Dr Alexandre Tellian

CRM 81866

Membro Titular da Sobed

ESP- 40740

Berçário Virtual