Terapia Psicológica: Porque nem tudo encontramos na internet!

August 27, 2018

 

Neste mês do psicólogo recebo a missão de escrever sobre essa linda profissão, que é a Psicologia e a terapia psicológica, sendo assim...

 

Nos dias atuais vemos pessoas apresentando diversos tipos de prejuízos emocionais e comportamentais, sendo estes, atrelados a percepções distorcidas de fatos vivenciados ou simplesmente indagações de nossas vidas que parecem não apresentar respostas. Isto por anseios do dia a dia, stress que se acumulam por muitas vezes no âmbito familiar ou profissional e aqui, neste ponto, além de outros aspectos, podemos identificar a importância de um processo terapêutico eficaz e responsável.

 

Claro que nem todo processo terapêutico é idêntico, mudando de pessoa a pessoa, com apresentações de queixas diversas e vivenciadas cada qual de sua maneira. Consequentemente, tratando-se cada ser como único e singular. E neste momento a terapia é uma importante ferramenta para o desenvolvimento da melhora da qualidade de vida, promovendo mudanças nos sentimentos e comportamentos. Até porque nem todas as respostas encontramos na internet....

 

Claro que ainda vemos pessoas apresentando resistências em submeter-se ao processo psicoterapêutico, pois ainda existem crenças de que a terapia é realizada somente com pessoas “doentes”, mas isso, não é a mais pura verdade.

 

Quantas vezes olhamos para o nosso próprio contexto de vida e observamos que em muitos momentos nos encontramos com dificuldades em tomadas de decisões; com necessidades de melhorar habilidades cognitivas, como; atenção e concentração ou habilidades sociais que envolvam o âmbito profissional para uma ascensão de carreira ou algo do tipo. Claro que também, a terapia é de suma importância para tratamentos mais específicos e patológicos que surgem quando não cuidamos dos nossos sentimentos.

 

Porém, dentro destes aspectos citados, vale ressaltar a importância de quando deve ser tomada a decisão de submetermos a este processo. E como resposta, temos que ser sinceros conosco e aprender a olhar para si e ver a necessidade da ajuda de um psicólogo, ou seja, a decisão e unicamente singular e própria. Pois, realizar terapia é primeiramente reconhecer que precisamos de ajuda, e isso para muitos já é dolorido, além de que em muitos momentos desse processo ouviremos coisas que não gostaríamos de ouvir, identificaremos que muitas das vezes as dificuldades estão em nós e não nos outros e com certeza, reconhecendo tudo isso e aprendendo a equilibrar, chegaremos a uma melhora ou equilíbrio em nosso estado emocional. E no fim, você terá muita satisfação e observará o quanto foi importante para você esse processo de melhora. 

 

 

Edson Rangel – CRP 6/107882

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Berçário Virtual

June 12, 2020

Please reload

Posts em Destaque

CAMPANHA OUTUBRO ROSA

October 17, 2017

1/5
Please reload

Climed Saude

(11) 4414-5000

Rua da Bahia 342 - Recreio Estoril - Atibaia/SP