BRINCAR É PRECISO!

October 11, 2018

Você sabe a importância do brincar no desenvolvimento infantil ?? No mês das crianças reunimos nossa equipe multiprofissional para explicar e dar dicas sobre o assunto.

 

DESENVOLVIMENTO DA FALA E DA LINGUAGEM

 

O brincar nos primeiros meses de vida, permite que o bebê inicie o processo de desenvolvimento da fala, quando o adulto interage brincando com o bebê ele estimula a criança a emitir sons (balbucios, gritos, gemidos) que aos poucos vão ganhando significado para a comunicação. Nessa fase também o bebê explora os brinquedos pela apalpação, aperta e os leva até a boca essa é a forma de conhecer o brinquedo. Aos poucos a brincadeira vai se tornando mais complexa e imaginativa, o brincar evolui com o desenvolvimento da criança, já ouviram falar do faz-de-conta?

 

O faz-de-conta revela a capacidade e habilidade da criança em criar histórias ou de transformar as funções de um objeto, por exemplo, pegar pratinhos de brinquedo e fingir que está comendo ou cozinhando; imaginar que seus bonecos são os amiguinhos da escola, esse tipo de brincadeira permite que a criança desenvolva e aperfeiçoe suas habilidades linguísticas, aumente seu vocabulário e consequentemente sua comunicação com o adulto.

 

Na brincadeira entre crianças, a necessidade comunicativa é ainda mais importante, pois elas precisam fazer com que sejam compreendidas pelo outro, por isso, a interação com outras crianças é tão importante para o desenvolvimento da fala, quantas crianças você conhece que apresentou um salto no desenvolvimento da fala e da linguagem depois que foram para a escola, não é?!

 

VAMOS BRINCAR!

 

Dicas da fonoaudióloga:

 

Animais- Sente no chão, vamos construir uma fazenda- aqui nós aproveitamos para nomear os animais, reproduzir onomatopeias (sons de cada animal), falar sobre o alimento de cada animal, dar comida para os animais (faz-de-conta) .

 

Música – cante músicas com a criança, mude o ritmo delas, cante rápido, devagar, em alta intensidade, baixa intensidade, mude a letra da música, imite o ritmo da música e instigue a criança a descobrir qual é a música.

 

Histórias- leia histórias com a criança, peça pra ela ler (mesmo que ainda não saiba-use a imaginação!)

 

DESENVOLVIMENTO SENSÓRIO-MOTOR, COGNITIVO E SOCIAL

 

As crianças precisam brincar para que aprendam, de forma prazerosa, além de interagir e comunicar-se, desenvolver suas aptidões físicas e intelectuais, adquirir autoconfiança, explorar seus sentimentos e integrar-se na família, na escola e na comunidade.

 

Brincar é muito importante independentemente das condições físicas, intelectuais e sociais, pois o brincar alegra e motiva crianças, juntando-as e dando-lhes oportunidade de ficar felizes, trocar experiência e ajudarem-se mutuamente. Brincando a criança desenvolve os sentidos, adquire habilidades para usar as mãos e o corpo, reconhece objetos e suas características, textura, forma, tamanho, cor e som. A criança entra em contato com o ambiente, relaciona-se com o outro, desenvolve autonomia e independência, tornando-se ativa e curiosa.

 

BRINCAR É PARA TODOS!

 

Dicas da Terapeuta Ocupacional:

 

Ao sentar com a criança para brincar não utilize muitos brinquedos, pois isso reduz a qualidade do brincar e não ajuda a criança a manter o foco e atenção na brincadeira.

 

Vende os olhos da criança e ofereça diferentes materiais de diversas texturas para ela sentir e adivinhar o que é. Por exemplo, algodão, grãos, areia, tapete, esponja, dentre outros, darão estímulos sensórias significativos.

 

Em tempos de internet e jogos eletrônicos, não esqueça de reservar tempo de qualidade com seu filho nos parques e em casa!!!

 

BRINCAR É O ENSAIO DA VIDA ADULTA.

 

É por meio do brincar que a criança desenvolve habilidades cognitivas, psicomotoras, afetivas e comportamentais, além de ser uma atividade de socialização e transmissão de cultura.

 

Ao nascer, o bebê inicia seu ensaio e reconhecimento do mundo. Com o passar do tempo ele deixa de ser reativo ao ambiente e passa para agente ativo de seus desejos, alternando entre um comportamento de fantasia e realidade. A “maneira” do brincar se transforma de acordo com a fase de desenvolvimento da criança (sensório-motor, pré-operacional, operacional concreto e operações formais). Em qualquer tempo é também grande fonte de expressão de seus sentimentos.

 

Dicas da Psicóloga:

 

Não pegue atalhos:

 

constantemente os pais têm dificuldade em estabelecer os limites para internet e jogos digitais, mas acabam eles mesmos estimulando esse acesso, muitas vezes para tentar distrair e satisfazer a criança de forma rápida. Desde o início ofereça uma variedade de brinquedos.  Permita que ele escolha seu brinquedo (considerando a adequação da idade), pois brincar desenvolve identidade e autonomia;

 

Jogos em família são uma grande oportunidade de fortalecimento do vínculo, sentimento de segurança e pertencimento;

 

Criança é criança: atualmente vivem em rotinas com alta exigência de desempenho. Busque o equilíbrio, brincar é o espaço sagrado da infância!

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Berçário Virtual
Please reload

Posts em Destaque

CAMPANHA OUTUBRO ROSA

October 17, 2017

1/5
Please reload

Climed Saude

(11) 4414-5000

Rua da Bahia 342 - Recreio Estoril - Atibaia/SP