12/11 Dia Mundial da Pneumonia. Saiba as causas e principais preocupações com a doença.

November 12, 2019

 

Ao contrário do que muitos pensam a Pneumonia é uma doença séria, infecciosa, inflamatória que pode levar à morte e que pode comprometer as diferentes estruturas dos pulmões, como os alvéolos que são estruturas saculares responsáveis pelas trocas gasosas, os brônquios de vários calibres que levam o ar aos alvéolos, e o interstício dos pulmões que são como o “miolo” entre as estruturas que compõe a árvore brônquica.

 

A comparação com uma árvore é muito feliz, pois o caule com suas ramificações ou galhos, faz analogia à traquéia e aos brônquios que saem dela, já os alvéolos são comparados à pequenas frutas no final de cada bronquíolo que é a menor porção da ramificação dos galhos. Qualquer agente pode causar pneumonia, como bactérias, vírus e fungos, transmitidos pelo ar através da respiração, tosse ou espirro de alguém que já porta a infecção. Outros agentes como vermes, também pode causar pneumonia sendo este tipo muito mais comum em crianças.

 

A inalação de gases tóxicos, observado nos incêndios e em ambientes poluídos, é um grande vilão para instalação da infecção.

 

Para adquirirmos esta doença respiratória, nossa defesa imunológica deverá estar baixa por deficiência alimentar, stress físico ou emocional, uso de drogas ilícitas ou lícitas (tabagismo e etilismo) ou portadores de doenças crônicas como diabetes e neoplasias (cânceres).

 

Os limites de faixa etária como idosos e crianças, são os mais suscetíveis em contrair a doença. Os sintomas mais comuns são febre, tosse seca ou com secreção amarelo esverdeada, com ou sem a presença de sangue, mas muitas vezes o único sintoma apresentado é somente a queda do estado geral.

 

Portanto qualquer mudança observada no comportamento, principalmente dos idosos e crianças deve ser investigado imediatamente. Medidas do dia a dia, como manter ambientes bem ventilados, evitar contato prolongado com ar condicionado, manter alimentação saudável e ingesta líquida adequada de 2 litros de água ao dia (exceto quando houver orientação médica para controle hídrico diário), além do cuidado em proteger o nariz e a boca com o braço, enquanto espirrarmos ou tossirmos, para evitarmos o contágio pelos perdigotos, que são aquelas gotículas que eliminamos nessas ações. A importância de mantermos sempre as mãos limpas é fundamental para a nossa saúde.

 

Não existe “começo de pneumonia”. Quando o diagnóstico é feito, deve ser iniciado imediatamente o tratamento e observado pelas próximas 24 a 36 horas a melhora do quadro. Ao contrário, reavaliação médica e não tão raro, internação hospitalar deverá ser providenciada.

 

 

Dra Roseli da Rocha Brito - CRM SP 78792 Pneumologista e Tisiologista Especialista pela Escola Paulista de Medicina. Chefe da Equipe de Clínica Médica da Enfermaria do Hospital Albert Sabin Atibaia.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Berçário Virtual

December 2, 2019

November 27, 2019

November 25, 2019

Please reload

Posts em Destaque

CAMPANHA OUTUBRO ROSA

October 17, 2017

1/5
Please reload

Climed Saude

(11) 4414-5000

Rua da Bahia 342 - Recreio Estoril - Atibaia/SP