Saiba mais sobre a prevenção do Câncer

February 4, 2020

PREVENÇÃO DO CÂNCER

 

 

Em 1971, ano da "declaração da guerra contra o câncer", em cada grupo de 100 mil pessoas nos Estados Unidos, 163 morriam de câncer. Depois de 50 anos de "guerra", será que a taxa caiu? Não. Subiu. Em 2001, eram 194 mortes a cada 100 mil americanos. Em 2018, 18 milhões de pessoas no mundo todo receberam o diagnóstico de câncer e 9,6 milhões morreram (no Brasil são 580 mil novos casos e 218 mil mortes anuais).

Esses números têm crescido, ano a ano. Uma estatística assustadora afirma que se nada for feito, as incidências vão atingir 29,4 milhões de novos casos em 2040, uma expansão de 63% nos próximos 20 anos. A mortalidade deve subir para 16,3 milhões em 2040.

Prevenção Primária e Prevenção Secundária

O câncer é uma doença que muitas vezes se desenvolve sem dar sinais claros de sua existência. Isto leva as pessoas a acreditarem que se não sentem nada, não apresentam sintomas, é porque não estão doentes ou adoecendo.

Muitas vezes os tumores levam algum tempo para se manifestar clinicamente e não podemos apenas aguardar os sintomas para procurar auxílio, uma vez que quanto mais precoce o diagnóstico melhor.

Para que a doença seja diagnosticada o mais precoce possível e assim ter maiores chances de cura, é importante saber que alguns tipos de câncer podem ser prevenidos.

Além disso, é importante saber também que a prevenção pode ser de duas formas: primária e secundária.

PREVENÇÃO PRIMÁRIA significa evitar o aparecimento da doença evitando os fatores de risco. É a prevenção do aparecimento do câncer. Um exemplo clássico é o combate ao tabagismo. Geralmente a exposição aos fatores de risco é controlável.

PREVENÇÃO SECUNDÁRIA consiste na realização de exames com o objetivo de detecção precoce do câncer. Um exemplo é a realização da mamografia e o exame citopatológico do colo uterino, papanicolau.

 

O CIGARRO E O CÂNCER

O hábito de fumar é a principal causa de mortes no mundo. No mundo, cerca de 8 milhões de pessoas morrem anualmente vítimas do tabaco, além de ser responsável por 30% dos cânceres. O cigarro não prejudica apenas os fumantes.

O risco do hábito de fumar e o desenvolvimento do Câncer com associação com o Tabaco mais provável:
Cânceres de pulmão, bexiga, esôfago, rins, laringe, orofaringe, pâncreas e estômago; e também, em menor chance cânceres de leucemia mielóide, cervical, colorretal, fígado e próstata.

 

ORIENTAÇÕES GERAIS.

Existem determinações consensuais quanto às medidas para prevenir o câncer. A mais importante, óbvia e evidente é o combate ao consumo de tabaco.

Como já sabemos, o câncer pode ser desencadeado por fatores ambientais e/ou genéticos.

Como os fatores ambientais dependem do nosso comportamento e hábitos, existem maneiras de diminuir a exposição a estes fatores e em conseqüência de diminuir o risco de câncer.

Já os genéticos independem da nossa vontade ou capacidade de mudança. Podemos tomar então atitudes frente aos fatores de risco ambientais para evitar o surgimento de tumores malignos.

Essas atitudes podem ser simplificadas em uma frase: "levar uma vida saudável".
A seguir algumas dicas para prevenção.

1 ' Pare de fumar; é a regra mais importante para prevenir o câncer, principalmente o de pulmão, com maior índice de mortalidade. Isto ajudará também na prevenção de doenças cardiovasculares e respiratórias.

2 ' Adote uma dieta alimentar saudável, que pode reduzir o risco de câncer em até 40%. Coma mais frutas, legumes, cereais e evite carnes vermelhas e alimentos gordurosos. Inclua no consumo diário pelo menos 25 gramas de fibras, restringindo a ingestão de gorduras em 30%, e opte pelo azeite de oliva, óleo de girassol e óleo de soja.

3 ' Evite as bebidas alcoólicas.

4 ' Pratique atividades físicas ' de forma moderada ' durante, pelo menos, 30 minutos, 5 vezes por semana. É importante, primeiro, realizar uma avaliação médica.

5 ' As mulheres com 40 anos ou mais devem realizar exame clínico de mama anualmente. No entanto, para as mulheres consideradas do grupo de alto risco, ou seja, que tiveram casos de câncer de mama na família diagnosticada antes dos 50 anos, os exames clínicos associados à mamografia anual devem ser realizados a partir dos 35 anos.

7 ' As mulheres também deverão realizar o exame preventivo de colo de útero (papanicolau) anualmente. Depois de dois resultados negativos consecutivos, o exame poderá ser feito a cada três anos.

8 ' Homens e mulheres com mais de 50 anos devem realizar de colonoscopia para detecção precoce do câncer de intestino.

9 ' Os homens com mais de 50 anos devem procurar o médico regularmente para avaliar o risco de câncer da próstata e receber as devidas orientações.

10 ' Evite a exposição prolongada ao sol e use filtro protetor solar fator 15 ou superior. Faça regularmente um auto exame da boca e da pele.

 

 

 

 

 

 

 

Dra. Simone Felitti CRM 94.349

Oncologista Clínica

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Berçário Virtual

October 20, 2020

October 19, 2020

October 16, 2020

October 14, 2020

October 13, 2020

Please reload

Posts em Destaque

CAMPANHA OUTUBRO ROSA

October 17, 2017

1/5
Please reload

Climed Saude

(11) 4414-5000

Rua da Bahia 342 - Recreio Estoril - Atibaia/SP